Meteorologia

  • 05 JULHO 2020
Tempo
32º
MIN 18º MÁX 37º

Edição

Autoridades espanholas violaram o direito à vida com gestão da Covid-19

Decisão foi de uma juíza de Teruel.

Autoridades espanholas violaram o direito à vida com gestão da Covid-19

Uma juíza de Teruel acaba de condenar o governo e as autoridades espanholas por violação do direito fundamental à vida. A magistrada considera que as autotidades do país agiram com "passividade" apesar de já em janeiro saberem do risco da pandemia da Covid-19 e de nada terem feito para evitaram a situação que se viveu no país.

De acordo com a ABC.es, esta decisão condena exclusivamente o governo aragonês, presidido por Javier Lambán e os seus organismos sociais e de saúde - o Serviço Aragonês de Saúde e o Instituto Aragonês de Serviços Sociais (IASS), do qual dependem os lares de idosos.

A pena é limitada à administração aragonesa porque foi a única arguida neste processo, mas a substância da pena é mais extensa e critica abertamente a gestão levada a cabo pelo Estado espanhol, com o governo central à cabeça.

O acórdão cita várias vezes o ministro da Saúde, Salvador Illa, e adverte que as autoridades espanholas tinham conhecimento da gravidade do Covid-19 desde janeiro, mas não agiram em conformidade.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório