Meteorologia

  • 23 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 6º MÁX 15º

Edição

"Podíamos ter feito melhor", admite responsável por combate na Suécia

A estratégia de combate à Covid-19 adotada pela Suécia foi motivo de controvérsia. Agora, responsável admite, "sabendo o que sabe hoje", resposta seria diferente.

"Podíamos ter feito melhor", admite responsável por combate na Suécia

O epidemiologista responsável por delinear a estratégia de combate ao novo coronavírus na Suécia, Anders Tegnell, admitiu hoje que o país deveria ter feito mais para combater o novo coronavírus e impedir a elevada taxa de mortalidade.

"Se encontrássemos a mesma doença, sabendo o que sabemos hoje, acho a resposta seria um equilíbrio entre o que a Suécia fez e o que o resto do mundo fez", referiu Tegnell, durante uma entrevista à rádio sueca, citado pela Reuters. 

"Sim, acho que podíamos ter feito melhor do que fizemos, claramente", admitiu.

Morreram quase 4.500 suecos devido ao surto de Covid-19, uma taxa de mortalidade superior a países como Dinamarca, Noruega e Finlândia

Ao contrário das medidas tomadas pela maior parte da Europa (como encerramento de escolas, lojas, empresas), a Suécia optou por apelar a medidas voluntárias, como o distanciamento social e conselhos de higiene, apostando no conceito de imunidade de grupo.

O encerramento dos lares foi decretado no final de março, uma decisão tardia comparativamente a vários países, sendo que cerca de metade das mortes do país ocorreram em residentes destas instituições.

A taxa de mortalidade da Suécia (43 por 100 mil habitantes) está entre as mais altas do mundo, ultrapassando, em muito, a dos países vizinhos, Dinamarca e Noruega, avança o Bloomberg.

No início desta semana, o primeiro-ministro Stefan Lofven divulgou que o governo vai lançar uma investigação sobre a resposta à pandemia.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório