Meteorologia

  • 13 JULHO 2020
Tempo
24º
MIN 23º MÁX 37º

Edição

Cem mil pessoas deslocadas na Índia devido à aproximação de um ciclone

Pelo menos 100.000 pessoas, entre as quais 150 doentes de covid-19, foram hoje deslocadas na Índia, devido à aproximação de um ciclone que ameaça a costa ocidental daquele país do sul da Ásia.

Cem mil pessoas deslocadas na Índia devido à aproximação de um ciclone
Notícias ao Minuto

23:35 - 02/06/20 por Lusa

Mundo Índia

Trata-se da primeira tempestade desta magnitude a dirigir-se para a megacidade de Bombaim em mais de 70 anos.

Responsáveis da capital económica da Índia apelaram às pessoas que vivem em favelas à beira-mar para que encontrassem um refúgio seguro contra a investida do ciclone Nisarga, que deverá atingir na quarta-feira o Estado de Maharashtra, do qual Bombaim é a capital, com ventos de até 120km/hora.

As autoridades de saúde da cidade de 20 milhões de habitantes retiraram também cerca de 150 doentes infetados com coronavírus de um hospital de campanha recentemente construído para um local "com um telhado coberto", como medida de precaução.

No distrito de Palghar, mais de 21.000 aldeões foram obrigados a abandonar as suas residências, de acordo com informações dos meios de comunicação social.

Os ciclones são extremamente raros na cidade de Bombaim, erigida do outro lado do Mar Arábico. A última grande tempestade que atingiu a cidade foi em 1948, matando 12 pessoas e ferindo mais de 100.

Os meteorologistas indianos esperam fortes chuvas e temem danos generalizados causados pelo vento nas cabanas dos bairros de lata e nas linhas de eletricidade.

Uma onda de um a dois metros de altura causada pela tempestade poderá também inundar as zonas costeiras baixas de Maharashtra.

O ciclone Nisarga também deverá afetar o Estado vizinho de Gujarat, de onde as autoridades tencionam retirar cerca de 79.000 pessoas que vivem nas zonas costeiras até quarta-feira de manhã, disse à imprensa o chefe dos serviços de salvamento de Gujarat, Harshad Patel.

O ciclone surge duas semanas após o poderoso ciclone Amphan, que matou cerca de 100 pessoas na Índia Oriental e no Bangladesh e causou danos materiais consideráveis.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório