Meteorologia

  • 06 JULHO 2020
Tempo
28º
MIN 19º MÁX 37º

Edição

Assessora de ministro: "Mortes de idosos reduzirão déficit de pensão"

Solange Vieira, assessora do ministro da Economia brasileiro, disse que "é bom que as mortes se concentrem entre os idosos".

Assessora de ministro: "Mortes de idosos reduzirão déficit de pensão"

Um reportagem da Reuters debruçada sobre a ação do governo brasileiro frente à pandemia do novo coronavírus contactou várias fontes dentro e fora da administração de Jair Bolsonaro. Uma das revelações mais chocantes é o relato de uma conversa mantida com a assessora do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Solange Vieira, ao ser informada, em março, durante reunião com técnicos do Ministério da Saúde, de que a pandemia tinha o potencial de causar muitas fatalidades entre os mais idosos, deu a entender que isso não constituiria um impacto negativo.

"É bom que as mortes se concentrem entre os idosos. Isso melhorará o nosso desempenho económico, pois reduzirá o nosso déficit de pensão", disse Vieira, uma das pessoas envolvidas na Reforma da Previdência Social (Segurança Social) no Brasil, em 2019.

O relato desta conversa, mantida em março deste ano, foi feito pelo epidemiologista Julio Croda, que na altura era responsável pelo Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis (DEIDT) do Ministério da Saúde. Este relato, diz a Reuters, foi confirmado por outro funcionário do Ministério, que preferiu manter o anonimato.

Solange Vieira, que já foi presidente da Agência Nacional de Aviação Civil, foi nomeada por Paulo Guedes responsável pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), em março. Não respondeu às tentativas de contacto por parte da agência noticiosa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório