Meteorologia

  • 12 JULHO 2020
Tempo
30º
MIN 18º MÁX 31º

Edição

Polícia angolana deteve nove mototaxistas por tumultos no Soyo

A polícia angolana deteve nove mototaxistas nacionais e da República Democrática do Congo alegadamente envolvidos em arruaças e colocação de barricadas nas principais vias da cidade do Soyo, província do Zaire, norte do país, foi hoje anunciado.

Polícia angolana deteve nove mototaxistas por tumultos no Soyo
Notícias ao Minuto

19:00 - 28/05/20 por Lusa

Mundo Covid-19

Segundo uma nota da polícia local, um grupo de 90 pessoas, na sua maioria mototaxistas, insurgiu-se contra os efetivos policiais ao serem impedidos de exercer a atividade, proibida desde o período de vigência do estado de emergência, declarado em 27 de março e até 25 de maio, no âmbito das medidas de prevenção e combate à covid-19.

"Eles pediram satisfações junto da Polícia Nacional sobre as razões de não serem autorizados a exercer o serviço de táxi nesta fase do estado de calamidade. Insatisfeitos com a resposta das autoridades, decidiram partir para ações de arruaças, colocando barricadas em algumas ruas do casco urbano e da zona periférica", indicou a nota da polícia.

Face à situação, adiantou o documento, as forças da ordem e segurança detiveram nove cidadãos, supostamente os principais mentores da ação, bem como apreenderam 92 motorizadas abandonadas no local pelos prevaricadores.

Os detidos foram hoje presentes ao Ministério Público, enquanto a polícia desenvolve ações para a captura dos restantes implicados.

O estado de calamidade pública está em vigor desde 26 deste mês, e a atividade de mototáxi está sujeita a regulamentação específica.

Angola regista 73 infetados e quatro mortos pelo novo coronavírus.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 355 mil mortos e infetou mais de 5,7 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 2,2 milhões de doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório