Meteorologia

  • 05 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Habitantes em fúria contra insegurança matam polícias na RDCongo

Dois polícias foram mortos por habitantes furiosos com a falta de segurança, em dois episódios distintos de violência em Bukavu e Lubumbashi, na República Democrática do Congo (RDCongo), relataram várias testemunhas.

Habitantes em fúria contra insegurança matam polícias na RDCongo
Notícias ao Minuto

16:24 - 22/05/20 por Lusa

Mundo RDCongo

Um polícia foi morto em Bukavu (leste), após ter sido "apanhado por jovens furiosos que o espancaram até à morte" e, mais tarde, incendiaram o seu corpo, disse Shukuru Lwekya, presidente da sociedade civil local, citado pela agência France-Presse.

"A esquadra foi incendiada por manifestantes furiosos", acrescentou.

A polícia confirmou que se tratava de um "polícia judicial" que na quinta-feira à noite disparou sobre um motociclista e depois "foi morto por uma população enfurecida".

"Esta mesma população ateou fogo à nossa esquadra", afirmou o coronel Emile Kiley, chefe de segurança pública da polícia do Kivu Sul.

Em Lubumbashi, a segunda maior cidade do país, na zona de mineração do sudeste, outro polícia foi hoje morto, após a morte de um lojista vítima de bandidos armados durante a noite, segundo testemunhos recolhidos por um correspondente da agência noticiosa.

"Os residentes zangados apanharam um polícia que passava, espancaram-no, mataram-no, queimaram-lhe o corpo antes de irem saquear a sua casa", confirmou o capitão Charles Lwamba, porta-voz da polícia do Haut Katanga, da qual Lubumbashi é a capital.

Na terça-feira, um outro agente da polícia foi morto por manifestantes que protestavam contra a insegurança em Kolwezi, outra cidade da região mineira do sudeste da RDCongo.

Nas últimas semanas, as pessoas têm vindo a protestar cada vez mais contra a crescente insegurança em várias cidades da RDCongo e, na sua fúria, não hesitam em atacar os polícias.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório