Meteorologia

  • 01 JUNHO 2020
Tempo
23º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

Recém-nascida alvejada em ataque a maternidade sobreviveu

Médicos ponderaram amputar-lhe uma perna, mas o pai da bebé não autorizou.

Recém-nascida alvejada em ataque a maternidade sobreviveu

Amina é uma das sobreviventes mais novas do ataque a uma maternidade no Afeganistão, que matou 24 pessoas incluindo 16 recém-mamãs.

Amina, um bebe recém-nascido, levou dois tiros numa perna, mas conseguiu sobreviver. Já a mãe foi morta no ataque.

Em entrevista à BBC, o pai da menina conta que a mulher foi atingida numa perna e no coração e que estava no funeral da esposa quando os médicos lhe ligaram a dizer que tinham de amputar a perna da filha bebé para garantir que sobreviva.

"Pedi que não o fizessem. A minha filha ja vai ter que crescer sem a mãe. Fazê-lo, ainda, sem uma perna, era piorar o seu destino", afirma, referindo que acredita que se ela morresse durante a cirurgia, esse seria o seu destino.

Notícias ao MinutoAmina© Getty Images

Felizmente, a operação correu bem e a pequena Amina sobreviveu .

O ataque aconteceu na maternidade do hospital Dasht-e-Barchi, que é gerido pelo organização dos Médicos Sem Fronteiras. Os atacantes entraram no hospital vestidos de polícias e disparam matando 24 pessoas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório