Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2021
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 14º

Edição

Coreia do Sul não tem dúvidas. Morte de Kim Jong-un é "fake news"

Ministro da Unificação garante que não há "sinais" que apontem para que o presidente da Coreia do Norte esteja morto ou em estado grave.

Coreia do Sul não tem dúvidas. Morte de Kim Jong-un é "fake news"

O ministro da Unificação sul-coreano, Kim Yeon-chul, catalogou, esta terça-feira, de "fake news" as informações que dão conta da morte ou de um deteriorar do estado de saúde de Kim Jong-un após uma alegada cirurgia ao coração que não teria tido sucesso.

Para o responsável político da Coreia do Sul, que falou durante uma reunião parlamentar, a especulação criada em torno do presidente da Coreia do Norte, que não é visto em público desde 11 de abril, não passa de um "fenómeno de desinformação".

"Temos capacidade de inteligência que nos permite dizer com confiança que não há qualquer sinal invulgar", começou por afirmar Kim Yeon-chul, em declarações reproduzidas pela agência noticiosa estatal sul-coreana Yonhap.

"Sei que a notícia da CNN é baseada numa informação do Daily NK, que dizia que ele foi alvo de cirurgia no Hyangsan Medical Center. Isso não pode fazer sentido. O Hyangsan Medical Center é como uma clínica, uma instalação incapaz de realizar procedimentos cirúrgicos ou médicos", prosseguiu.

Kim Yeon-chul disse, ainda, não poder dizer onde se encontra, neste momento, Kim Jong-un, mas reforçou que este tem "levado a cabo trabalhos estaduais normalmente".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório