Meteorologia

  • 16 MAIO 2022
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 22º

Contágio propaga-se a todas as regiões da Bolívia em pouco mais de um mês

O coronavírus está presente em todas as regiões da Bolívia incluindo em Beni, na Amazónia, que há cerca de um mês tinha anunciado o fim da doença nesta região, indicaram hoje as autoridades.

Contágio propaga-se a todas as regiões da Bolívia em pouco mais de um mês

O último relatório do Ministério da Saúde indica 598 casos de covid-19 e 34 mortos, após a confirmação dos primeiros casos positivos em 11 de março.

A região amazónica de Beni, junto à fronteira com o Brasil, não tinha registado casos confirmados desde então, mas o último relatório incluiu dois positivos, sem óbitos.

Beni é um dos departamentos (províncias) mais extensos da Bolívia com 213.500 quilómetros quadrados, mas dos menos povoados, com cerca de 400.000 habitantes (menos de dois habitantes por quilómetros quadrado).

Após serem revelados os primeiros casos de infeção, a Bolívia desencadeou diversas medidas para evitar contágios.

Entre as decisões adotadas, incluem-se centro de vigilância para detetar casos suspeitos, controlos estritos na fronteira com o Brasil e nos acessos a outras regiões vizinhas da Bolívia.

Outra situação preocupante ocorre na região andina de Oruro, que durante várias semanas conteve os contágios com medidas de quarentena de seguida impostas a nível nacional, mas que subitamente passou dos oito casos que se mantiveram durante mais de 15 dias para 49 pessoas infetadas, incluindo duas mortes.

A maioria dos casos positivos concentram-se em Santa Cruz, a região mais povoada, com 12 mortos e 317 infetados, seguida de La Paz, também com 12 óbitos e 134 casos confirmados.

A Bolívia declarou o estado de emergência sanitária até 30 de abril, com uma quarentena que restringe as saídas de casa e a circulação de veículos, para além do encerramento das fronteiras e do espaço aéreo, com raras exceções.

O governo interino do país anunciou que estas medidas poderão ser flexibilizadas em diversas regiões e dependentes da evolução da doença, mas diversas localidades têm sido progressivamente isoladas e reforçada a presença militar e policial, incluindo nas principais cidades (La Paz e Santa Cruz), para controlar a imposição da quarentena.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 170 mil mortos e infetou quase 2,5 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Por regiões, a Europa soma mais de 106 mil mortos (1,2 milhões de casos), os Estados Unidos e o Canadá mais de 44 mil mortos (mais de 824 mil casos), a Ásia mais de sete mil mortos (mais de 172 mil casos), o Médio Oriente quase 5.700 mortos (cerca de 130 mil casos), a América Latina e Caribe mais de 5.300 mortos (quase 110 mil casos), África 1.161 mortos (mais de 23 mil casos) e a Oceânia com 91 mortos (cerca de oito mil casos).

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório