Meteorologia

  • 01 OUTUBRO 2022
Tempo
25º
MIN 12º MÁX 27º

Covid-19: Boris Johnson foi avisado em janeiro, mas faltou a reuniões

Jornal britânico garante que o país sabia que não tinha meios para combater uma pandemia desde 2016.

Covid-19: Boris Johnson foi avisado em janeiro, mas faltou a reuniões
Notícias ao Minuto

11:47 - 19/04/20 por Notícias Ao Minuto

Mundo Covid-19

O jornal britânico The Times publica, este domingo, um extenso artigo, no qual acusa o governo liderado por Boris Johnson de ter ignorado uma série de avisos feito entre o final de janeiro e o início de fevereiro para a gravidade da pandemia que se avizinhava.

Escreve a publicação que o primeiro-ministro do Reino Unido terá desperdiçado "cinco semanas fundamentais na luta para derrubar a perigosa ameaça do coronavírus, apesar de o país se encontrar num pobre estado de preparação para uma pandemia".

Um dos aspetos mais flagrantes desta alegada desvalorização da Covid-19 está relacionado com a não comparência de Boris Johnson num total de cinco reuniões de emergência convocadas pelo próprio gabinete para discutir eventuais medidas de prevenção.

A última vez que o Reino Unido levou a cabo um ensaio de combate a uma pandemia foi em 2016, e já na altura o governo terá sido alertado para a falta de equipamentos de proteção individual para os profissionais de saúde, assim como de ventiladores.

Além disso, desde que a Covid-19 chegou ao país, no passado mês de fevereiro, foram registados "poucos progressos" na obtenção de materiais como máscaras ou batas médicas. Ao invés, desde então, foram enviados cerca de 279 mil equipamentos de proteção individual para a China.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório