Meteorologia

  • 15 JULHO 2024
Tempo
25º
MIN 18º MÁX 26º

Rússia e EUA devem ajudar-se mutuamente perante pandemia, diz Putin

O presidente russo, Vladimir Putin, defende que os Estados Unidos e a Rússia devem ajudar-se mutuamente no combate à pandemia da covid-19, disse hoje o porta-voz do chefe de Estado russo.

Rússia e EUA devem ajudar-se mutuamente perante pandemia, diz Putin
Notícias ao Minuto

13:22 - 16/04/20 por Lusa

Mundo Covid-19

"O presidente Putin acredita que, neste momento de pandemia, é a hora de se ajudarem um ao outro", afirmou Dmitri Peskov aos jornalistas, depois de o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter dito que estava pronto para enviar ventiladores para a Rússia.

Na quarta-feira, o presidente norte-americano anunciou a vontade do seu país de enviar ventiladores para pacientes com o novo coronavírus na Rússia, onde já foram registados 27.938 casos de infeção e 232 mortes.

"A Rússia vai precisar dos ventiladores. Estão a ser vividos tempos difíceis em Moscovo. Nós vamos ajudá-los", disse Trump.

O porta-voz do Kremlin descreveu a proposta como "muito positiva", acrescentando que a Rússia "irá aproveitar se for necessário".

Moscovo enviou no início de abril uma aeronave com máscaras de proteção e equipamentos médicos para os Estados Unidos, onde 28.326 mortes foram oficialmente registadas em mais de 637.000 casos de infeções do novo coronavírus.

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 133 mil mortos e infetou mais de dois milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 436 mil doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa quatro mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), encerraram o comércio não essencial e reduziram drasticamente o tráfego aéreo, paralisando setores inteiros da economia mundial.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório