Meteorologia

  • 05 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Equador desespera: "Esperamos que um morra para usar cama e ventilador"

Médico equatoriano avisa que a falta de condições "irá levar a pandemia a piorar devido a outras doenças causadas pela decomposição dos corpos".

Equador desespera: "Esperamos que um morra para usar cama e ventilador"

A cidade de Guayaquil, no Equador, tem vivido, ao longo das últimas semanas, um verdadeiro drama causado pela falta de equipamentos para lidar com a pandemia de Covid-19, o que levou a que a situação chegasse ao ponto de os corpos se acumularem nas ruas.

A estação televisiva RT falou com um médico equatoriano, que pediu anonimato para evitar ser despedido, e que avisou que, neste momento, existem "hospitais onde não há camas suficientes nem ventiladores" para lidar com o surto do novo coronavírus.

"É com profunda mágoa que devo dizer que, em muitos dos casos, temos de esperar que um paciente morra para que outra pessoa possa usar a sua cama e o seu ventilador", afirmou o profissional de saúde, que sublinha que os números oficiais (4.450 casos e 242 mortes) podem pecar por defeito.

"Mais de 40 profissionais de saúde morreram durante a pandemia - médicos e enfermeiros. Os dados foram escondidos da opinião pública. É muito importante perceber que os profissionais de saúde não podem trabalham nestas condições", prosseguiu.

O médico em causa avisa, no entanto, que a situação poderá não ficar por aqui: "Isto irá levar a pandemia a piorar devido a outras doenças causadas pela decomposição dos corpos".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório