Meteorologia

  • 13 ABRIL 2021
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 21º

Edição

Chicago: Mais de 70% das mortes por Covid-19 são de pessoas negras

Pandemia de novo coronavírus volta a pôr a nú os problemas raciais enfrentados pelos Estados Unidos, sobretudo, neste caso, no que diz respeito ao acesso a cuidados de saúde.

Chicago: Mais de 70% das mortes por Covid-19 são de pessoas negras

Apesar de representarem apenas 30% da população de Chicago, os afro-americanos da cidade são o grupo que, nesta fase, maior taxa de letalidade apresenta relativamente a infeções com o novo coronavírus.

Os dados, reportados pela Sky News, dão conta de que 72% das mortes já verificadas até ao momento por Covid-19 estão entre a comunidade negra. 

Esta não é, contudo, uma estatística apenas de Chicago. No Michigan, dados oficiais mostraram que os afro-americanos, que representam apenas 14% da população, representam um total de 33% dos casos confirmados, sendo que, no total, é entre esta comunidade que o vírus mais mortes já fez - 41% das mortes.

Em Detroit, por exemplo, em que cerca de 80% da população é negra, registaram-se, até aqui, 5.032 casos confirmados, com 196 pessoas mortas por complicações devido ao vírus COVID-19. Porém,  segundo a Sky, a colheita de dados relativamente à etnia deixa ainda muito a desejar, sendo que esta cidade e os seus subúrbios são responsáveis por cerca de 80% de todos os casos já confirmados pelo estado.

"Está claro que o que o COVID-19 está fazendo está exacerbando a disparidade racial na saúde neste país", disse o mayor de Detroit Mike Duggan, que liderou o Detroit Medical Center antes de assumir o cargo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório