Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2020
Tempo
15º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

Febre de Boris Johnson cede após segundo dia nos Cuidados Intensivos

Segundo o avançado pela imprensa britânica, depois de receber oxigénio nos cuidados intensivos do St. Thomas Hospital, em Londres, primeiro-ministro britânico começa a dar sinais positivos de recuperação.

Febre de Boris Johnson cede após segundo dia nos Cuidados Intensivos

Boris Johson, primeiro-ministro do Reino Unido, ainda hospitalizado nos cuidados intensivos do St. Thomas Hospital, em Londres, começa, segundo a imprensa britânica, a dar sinais de melhoras do seu estado de saúde.

Infetado com Covid-19, o chefe do governo britânico foi admitido, no domingo, para exames complementares, confirmando-se horas depois a sua admissão nos Cuidados Intensivos.

Esta terça-feira, o gabinete do primeiro-ministro, em Downing Street, confirmou que Boris Johnson tinha recebido oxigénio de forma a aliviar as dificuldades respiratórias que estaria a sentir, descartando-se, contudo, que estivesse a ser ventilado.

Esta quarta-feira, depois de ontem à noite o The Times ter avançado que a febre, sintoma persistente no quadro clínico do político britânico durante mais de 10 dias, dava agora sinais de ceder aos fármacos administrados, o The Sun, na sua edição escocesa, garante que a condição de Boris é agora 'estável'.

Depois de passar uma segunda noite nos cuidados intensivos, após ter recebido mensagens de coragem de quase todos os quadrantes políticos, o chefe do governo do Reino Unido começa assim a mostrar melhorias do seu quadro clínico.

Relembre-se que também a sua namorada, que está grávida, está diagnosticada com a doença.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório