Meteorologia

  • 02 JUNHO 2020
Tempo
23º
MIN 18º MÁX 26º

Edição

São Tomé suspende ligações com Príncipe e visitas a doentes e presos

O Governo de São Tomé anunciou hoje a suspensão das ligações aéreas e marítimas com a Região Autónoma do Príncipe e de visitas a doentes, lares de idosos e a presos, para evitar a propagação do novo coronavírus.

São Tomé suspende ligações com Príncipe e visitas a doentes e presos
Notícias ao Minuto

21:15 - 06/04/20 por Lusa

Mundo Covid-19

As medidas, aprovadas em reunião extraordinária do Conselho de Ministros, surgem horas depois de terem sido anunciados os primeiros quatro casos positivos de infeção por covid-19 no país.

O pacote de iniciativas foi anunciado aos jornalistas pelo ministro da Presidência do Conselho de Ministros e dos Assuntos Parlamentares, Wando Castro, e incluem, igualmente, o encerramento de todos os restaurantes, bares, cafés, pastelarias e 'roulottes', com exceção dos estabelecimentos que tenham entrega ao domicílio.

O Governo determinou ainda fixar um horário único na função publica, das 07:30 às 13:00, e reduziu para metade a lotação nos táxis.

A proibição de reuniões, concentrações e encontros com mais de 10 pessoas fazem também parte das medidas.

No comunicado, o Governo são-tomense promete "acelerar contactos com a Organização Mundial da Saúde (OMS) para o envio urgente do laboratório de despistagem à covid-19 e do hospital de campanha prometidos".

As medidas contemplam a ativação de um centro de isolamento complementar no principal hospital do país, bem como o reforço do 'stock' de medicamentos, consumíveis e reagentes para o combate ao novo coronavírus e outras doenças.

O executivo garante ainda que vai acelerar o processo de compra de ventiladores e outros materiais necessários para o combate à doença.

Reconhecendo o "momento complicado" que o país vive, o Governo apela para a calma e serenidade de toda a população e, "acima de tudo, à união e solidariedade dos são-tomense"s, considerando que todos serão "poucos para enfrentar a grande batalha" contra o novo coronavírus.

"Os tempos que se avizinham serão de muito sacrifício e de muita abnegação. o Governo estará na vanguarda deste combate e não fugirá às suas responsabilidades", acrescentou Wando Castro.

São Tomé e Príncipe detetou quatro casos positivos de infeção pelo novo coronavírus, os primeiros registados neste país, anunciou hoje o primeiro-ministro, Jorge Bom Jesus, que convocou para esta tarde um Conselho de Ministros extraordinário para adotar "medidas mais restritivas".

"Das amostras que seguiram para o Gabão, mais concretamente para o laboratório de Franceville, com o apoio da Organização Mundial de Saúde, quatro testes estão considerados positivos", disse Jorge Bom Jesus, numa declaração à imprensa.

São Tomé e Príncipe era, até agora, o único país lusófono e um dos quatro Estados africanos sem casos de covid-19.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,3 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 73 mil.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a OMS a declarar uma situação de pandemia.

O número de mortes devido à covid-19 em África subiu para 442 num universo de pelo menos 9.457 casos registados em 52 países, de acordo com a mais recente atualização dos dados da pandemia no continente.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório