Meteorologia

  • 29 OUTUBRO 2020
Tempo
16º
MIN 11º MÁX 19º

Edição

Ex-presidente da Repsol morreu com o novo coronavírus

Alfonso Cortina dirigiu a empresa petrolífera entre 1996 e 2004.

Ex-presidente da Repsol morreu com o novo coronavírus

Alfonso Cortina, empresário e ex-presidente da Repsol e da empresa imobiliária Colonial, morreu aos 76 anos, vítima do novo coronavírus.

O antigo dirigente da empresa petrolífera entrou numa unidade hospitalar em março com sintomas da doença e morreu nesta segunda-feira em Madrid.

Alfonso Cortina foi presidente da Repsol entre 1996 e 2004 e, posteriormente, ocupou o mesmo cargo na agência imobiliária Colonial entre 2004 e 2006. Nascido em Toledo, é irmão do empresário Alberto Cortina.

Recorde-se, que de acordo com o último boletim da Proteção Civil espanhola, o país vizinho já supera as 13 mil vítimas mortais e mais de 135 mil casos positivos de Covid-19.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório