Meteorologia

  • 06 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

República Centro-Africana tem 5 milhões de habitantes e três ventiladores

Conselho Norueguês de Refugiados apela à "comunidade internacional que apoie países que estão gravemente incapacitados" para lidar com a pandemia de Covid-19.

República Centro-Africana tem 5 milhões de habitantes e três ventiladores

O Conselho Norueguês de Refugiados (NRC) emitiu, esta terça-feira, um comunicado no qual apela à "comunidade internacional que apoie países que estão gravemente incapacitados" para lidar com a pandemia de Covid-19, dando como exemplo a República Centro-Africana.

Apesar de este país contar com uma população de, sensivelmente, cinco milhões de pessoas, as unidades hospitalares dispõem de um conjunto de apenas três ventiladores, o que, na ótica do diretor do NRC, David Manan, pode vir a significar "uma catástrofe".

"Isto pode ser replicado ao longo dos países mais pobres do mundo, onde as infraestruturas sanitárias são, virtualmente, inexistentes", acrescentou David Manan para a operação da organização na República Centro-Africana.

"Quando as nações ricas estão em modo de pânico ao constatar que milhares de ventiladores não serão suficientes, deixa apenas mais claro que nações mais pobres, como a República Centro-Africana, não têm hipótese na luta contra a Covid-19", concluiu.

A República Centro-Africana registou, até à data, apenas cinco casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus. No entanto, conta com perto de 700 mil pessoas sem lar, em regiões de densidade populacional elevada e sem condições sanitárias.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório