Meteorologia

  • 31 MAIO 2020
Tempo
27º
MIN 19º MÁX 29º

Edição

Ministra espanhola volta a dar positivo à Covid-19 após quarentena

Irene Montero, que realizou o primeiro teste ao novo coronavírus a 12 de março, vai continuar a trabalhar em casa.

Ministra espanhola volta a dar positivo à Covid-19 após quarentena

Irene Montero, ministra espanhola da Igualdade, voltou a ser notícia este sábado por ter testado novamente positivo ao novo coronavírus, que já fez milhares de mortos no país vizinho.

A mulher de Pablo Iglesias, também ele membro do Governo espanhol, iniciou o período de quarentena no passado dia 12 de março quando acusou positivo a este vírus. Cumprido o período de 14 dias de isolamento, Irene Montero voltou a ser testada este sábado e continuou a dar positivo à Covid-19.

Fonte do Ministério da Igualdade confirmou à RTVE que Irene Montero "está bem e vai continuar de quarentena, a trabalhar a partir de casa".

A ministra, de 32 anos, e o "número dois" da Unidas Podemos reapareceu na quinta-feira passada numa entrevista por telefone em La Sexta, na qual assegurou que  estava "muito bem",  depois de concluir as duas semanas de quarentena que mantinha, embora estivesse a aguardar o resultado de um novo teste que, confirmou-se agora, voltou a ser positivo.

Montero, recorde-se, foi a primeira pessoa do governo espanhol a ficar infetada com o novo coronavírus. Carolina Darias, ministra da política territorial, confirmou também a 12 de março que tinha contraído a Covid-19. Na passada quarta-feira foi a vez de Carmen Calvo, vice-primeiro-ministra, que esteve internada numa clínica em Madrid mas que entretanto já teve alta.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório