Meteorologia

  • 27 OUTUBRO 2020
Tempo
16º
MIN 11º MÁX 19º

Edição

Macedónia do Norte assina adesão à NATO

O Presidente da Macedónia do Norte assinou hoje o documento final que permite ao país aderir à Aliança Atlântica (NATO), tornando-se no seu 30.º membro.

Macedónia do Norte assina adesão à NATO
Notícias ao Minuto

22:28 - 20/03/20 por Lusa

Mundo NATO

Stevo Pendarovski assinou o designado instrumento de adesão depois de a Espanha ter, no início da semana, ratificado a entrada da ex-república jugoslava.

Após a ratificação de Espanha, o último membro da NATO a fazê-lo, o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, estimou que a adesão da Macedónia do Norte aconteça "em breve", segundo noticia a agência norte-americana AP.

A adesão do país à NATO esteve muito tempo num impasse devido à disputa com a vizinha Grécia sobre o nome oficial da ex-república jugoslava, por ter uma região com o nome de Macedónia e temer reclamações territoriais futuras.

A contenda foi resolvida há dois anos, quando a Macedónia aceitou mudar de nome para Macedónia do Norte.

Entretanto, a Macedónia do Norte já declarou o estado de emergência em duas cidades devido ao aumento dos casos do novo coronavírus e isolou as pessoas em ambas as zonas.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da xovid-19, infetou mais de 265 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 11.100 morreram.

Das pessoas infetadas, mais de 90.500 recuperaram da doença.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se já por 182 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu é aquele onde está a surgir atualmente o maior número de casos, com a Itália a ser o país do mundo com maior número de vítimas mortais (4.032 mortos em 47.021 casos).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório