Meteorologia

  • 19 MAIO 2022
Tempo
29º
MIN 14º MÁX 30º

Grécia anuncia primeiras medidas preventivas em campos de refugiados

A Grécia anunciou hoje as primeiras medidas preventivas contra o novo coronavírus nos campos de refugiados, após alertas das organizações não-governamentais sobre o perigo de propagação do vírus entre os migrantes.

Grécia anuncia primeiras medidas preventivas em campos de refugiados
Notícias ao Minuto

15:11 - 17/03/20 por Lusa

Mundo Covid-19

O Ministério da Migração anunciou hoje, num comunicado, o cancelamento de todas as visitas aos campos, um exame médico para cada recém-chegado, a desinfeção diária de todos os espaços comuns e a suspensão de todas as atividades em espaços fechados, incluindo os cursos oferecidos pelas organizações não-governamentais (ONG)

Além disso, os refugiados são aconselhados a não deixarem os campos, a não ser que seja indispensável, e há a distribuição de informações em grego, inglês, francês, árabe e farsi.

Também está a ser avaliada a possibilidade de distribuição de alimentos nos campos de registo das ilhas do mar Egeu uma vez ao dia para evitar contactos.

Embora a Grécia até agora não tenha detetado nenhum contágio de novo coronavírus em refugiados, o risco é elevado nos campos de registo das ilhas do Egeu, onde mais de 42.000 pessoas vivem em instalações com capacidade para hospedar apenas 6.500.

Os serviços de saneamento adequados e o acesso a serviços médicos básicos são escassos nesses campos, enquanto os hospitais das ilhas têm uma capacidade muito limitada de atendimento.

Em campos como o de Moria, onde mais de 20.000 pessoas sobrevivem, incluindo muitos menores, é quase impossível manter a distância de segurança recomendada para impedir a propagação do novo coronavírus.

A sobrelotação é tal que nesta segunda-feira uma criança de 6 anos morreu devido a um incêndio que começou numa cozinha e espalhou-se rapidamente. Os bombeiros não conseguiram controlá-lo até duas horas após o alarme disparar.

Na segunda-feira, a Grécia já tinha 331 infetados pelo novo coronavírus e quatro mortes registadas.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou mais de 180 mil pessoas, das quais mais de 7.000 morreram.

Das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 75 mil recuperaram da doença.

O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se por mais de 145 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório