Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2021
Tempo
14º
MIN 6º MÁX 18º

Edição

Covid-19: Cazaquistão declara estado de emergência

O presidente do Cazaquistão declarou o estado de emergência neste país da Ásia Central, onde já foram confirmados oito casos de contaminação por Covid-19, foi hoje anunciado em Astana, capital desta antiga república soviética.

Covid-19: Cazaquistão declara estado de emergência
Notícias ao Minuto

12:47 - 15/03/20 por Lusa

Mundo Covid-19

Destinado a impedir a progressão do coronavírus, o estado de emergência decretado por Kassym-Jomart Tokaïev implica o encerramento de centros comerciais, teatros, exposições e de outros espaços com "fortes concentrações de pessoas".

Os espetáculos desportivos e outras "manifestações de massas" e comemorações serão também suspensos.

O estado de emergência vai impor ainda "restrições às entradas e saídas do Cazaquistão", país com 18 milhões de habitantes que partilha extensas fronteiras com a China e a Rússia.

A medida entra em vigor na segunda-feira, pelas 08:00 em Astana (02:00 em Lisboa), e deverá durar até 15 de abril.

A declaração do estado de emergência surge três dias depois de ter sido decretado o encerramento temporário de escolas, cinemas e universidades, e canceladas cerimónias públicas, como as celebrações da Noruz, festa da primavera, e a tradicional parada militar de 09 de maio.

O novo coronavírus responsável pela pandemia de Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já matou pelo menos 5.796 pessoas em todo o mundo, de acordo com uma avaliação da AFP às 09:00 de hoje a partir de fontes oficiais.

Mais de 154.620 casos de infeção foram registados em 139 países e territórios desde o início da epidemia, que se tornou, entretanto, numa pandemia e cujo centro se deslocou da China para a Europa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório