Meteorologia

  • 18 MAIO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 25º

Covid-19: Exercícios militares na Venezuela para fechar cidades

As forças armadas da Venezuela fazem no domingo exercícios com vista ao encerramento de cidades no âmbito da prevenção da propagação do vírus da pandemia Covid-19, anunciou hoje o ministro da Defesa, Vladimir Padrino López.

Covid-19: Exercícios militares na Venezuela para fechar cidades
Notícias ao Minuto

21:49 - 14/03/20 por Lusa

Mundo Anúncio

"Faremos exercícios de fecho de cidades, de comunidades, capitais, fronteiras (...) pondo as Forças Armadas Bolivarianas da Venezuela em sintonia com a situação de emergência que foi decretada no país", disse o ministro, que advertiu que poderão ser tomadas medidas que afetam a normalidade e o quotidiano dos venezuelanos.

Vladimir Padrino López falava aos jornalistas no Hospital Universitário de Caracas, uma das 46 instituições públicas venezuelanas referenciadas para atender possíveis casos de infeção com o novo coronavírus.

Trata-se, disse, da "3ª fase dos Exercícios Militares Escudo Bolivariano 2020: Saúde Segura".

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, declarou, na noite de sexta-feira, o "estado de alarme" para poder "ditar decisões drásticas" para combater a pandemia, quando o país regista dois casos confirmados de infeção.

O "estado de alarme" substituiu a "emergência preventiva" declarada por Nicolás Maduro na noite de quinta-feira.

Nicolás Maduro falava no palácio presidencial de Miraflores, acompanhado por vários membros do seu gabinete e do alto comando militar, durante uma videoconferência com os governadores dos estados.

"O coronavírus não estava na Venezuela, está a chegar do estrangeiro, por isso, suspendemos todos os voos da Europa, e já está aqui. Estou a avaliar seriamente tomar decisões drásticas de suspensão de todas as atividades laborais por regiões, a nível de defesa nacional", afirmou.

Nicolás Maduro recordou que foram suspensas as aulas em todo o país e restringidas as atividades em lugares públicos, devido à "quarentena coletiva social". Explicou ainda que os restaurantes poderão apenas vender comida para levar.

Entretanto, as autoridades venezuelanas iniciaram a distribuição de máscaras à população e, segundo Maduro, só com máscara poderá ser usado o metro e os comboios.

Nicolás Maduro pediu aos venezuelanos que sejam eles próprios a criar máscaras, com recurso a lenços, exemplificou, seguindo vídeos que circulam na Internet.

As autoridades venezuelanas confirmaram na sexta-feira os primeiros dois casos de pacientes infetados pelo novo coronavírus.

Trata-se de dois venezuelanos, uma mulher de 41 anos que esteve recentemente de viagem pelos Estados Unidos, Itália e Espanha, e um homem de 52 anos, que esteve em Espanha.

Nicolás Maduro ordenou na quinta-feira a suspensão, a partir de domingo, dos voos provenientes da Europa, Colômbia e Panamá durante 30 dias.

Como parte das medidas estão também restringidas as entradas de pessoas provenientes do Irão, Japão e Coreia do Sul.

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório