Meteorologia

  • 03 MARçO 2021
Tempo
20º
MIN 9º MÁX 20º

Edição

China sugere que foram militares dos EUA a levar o Covid-19 para Wuhan

Responsável apela a Trump que coopere no combate internacional ao vírus.

China sugere que foram militares dos EUA a levar o Covid-19 para Wuhan

O porta-voz do ministro dos Negócios Estrangeiros chinês sugeriu, esta quinta-feira, que terão sido os militares norte-americanos a fazer chegar o surto do novo coronavírus à cidade de Wuhan.

As declarações de Zhao Lijian prometem aumentar a tensão entre os dois países, isto depois de os Estados Unidos terem acusado a China de não ter agido com a rapidez necessária para evitar a propagação do vírus.

Recorde-se que na quarta-feira, o conselheiro da Segurança nacional dos EUA, Robert O'Brien, afirmou que a reação da China ao novo coronavírus foi demasiado lenta e pode ter custado ao mundo dois meses de combate contra a pandemia.

Em resposta, o porta-voz do ministro dos Negócios Estrangeiros chinês escreveu no Twitter que são os Estados Unidos que têm sofrido de falta de transparência.

"Quem é o paciente zero dos EUA? Quantas pessoas estão infetadas? Quais são os nomes dos hospitais? Pode ter sido o exército americano a trazer a epidemia para o Wuhan. Sejam transparentes. Tornem os vossos dados públicos. Os EUA devem-nos uma explicação", escreveu, afirmando, ainda, que os esforços da China para diminuir a propagação do vírus deram tempo para que o resto do mundo se pudesse preparar para a epidemia.

Numa série de publicações partilhadas no dia de ontem, este mesmo responsável apela para que os Estados Unidos se foquem numa resposta doméstica ao problema e cooperem a nível internacional na luta contra o vírus, ao invés de estarem a tentar culpar a China pelo sucedido e a denegrir a imagem deste país.

Para apoiar as suas suspeitas, Zhao citou dois artigos da Global Research, um portal conhecido pelas suas teorias da conspiração. No entanto, Pequim designou, no início do ano, um mercado de marisco situado nos subúrbios de Wuhan como o berço da epidemia, apontando que o vírus tinha sido transmitido inicialmente através de uma espécie animal.

"Identificamos os animais vivos vendidos no mercado de marisco como a fonte do vírus", defendeu então o chefe do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças Gao Fu, no final de janeiro, depois de Wuhan ter sido colocado em quarentena, com entras e saídas bloqueadas.

O surto de Covid-19, saliente-se, foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.900 mortos, entre mais de 131 mil pessoas infetadas numa centena de países e territórios. A cidade de Wuhan, que está em quarentena desde o dia 23 de janeiro, foi onde o vírus começou a propagar-se.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório