Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2021
Tempo
16º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

Covid-19: "NATO tem medidas fortes para garantir que o trabalho continue"

A NATO disse hoje que tem medidas sólidas e planeia garantir que a sua atividade essencial possa continuar, apesar do surto do novo coronavírus, que já atingiu a maioria dos países da Aliança.

Covid-19: "NATO tem medidas fortes para garantir que o trabalho continue"

"A NATO tem medidas e planos fortes para garantir que o nosso trabalho essencial continue", escreveu o secretário-geral da organização, Jens Stoltenberg, na sua conta da rede social Twitter.

O político norueguês também exprimiu a sua "simpatia e solidariedade" com todos os aliados afetados pela crise da COVID-19 e lembrou em particular a Itália, o país membro mais afetado até agora, com 12.462 pessoas infetadas e 827 mortes.

Na segunda-feira, a NATO confirmou o primeiro caso positivo de COVID-19 de um trabalhador da sua sede em Bruxelas, que tinha regressado de férias no norte da Itália.

"O elemento da equipa está atualmente na sua casa em auto-isolamento. Poucos minutos depois de receber o resultado, todos os colegas mais próximos foram informados" da situação e ficaram a trabalhar em casa desde essa altura, informou a NATO, num comunicado.

A NATO também registou um caso positivo entre os funcionários da sua sede militar, localizada em Mons, no sul da Bélgica.

O caso envolveu um trabalhador que voltou de férias com a sua família, mas o funcionário nunca chegou a entrar nas instalações militares, tendo ficado isolado em casa com dois familiares, também doentes.

A NATO decidiu suspender temporariamente algumas viagens dos seus funcionários e recomendou que trabalhem a partir de casa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório