Meteorologia

  • 02 ABRIL 2020
Tempo
12º
MIN 7º MÁX 19º

Edição

Emirados Árabes Unidos suspende todos os voos de e para o Irão

Os Emirados Árabes Unidos suspenderam hoje todos os voos de e para o Irão pelo prazo renovável de uma semana na sequência da propagação do coronavírus para diversos países do Golfo, segundo a agência oficial WAM.

Emirados Árabes Unidos suspende todos os voos de e para o Irão

A Autoridade Geral da Aviação Civil dos Emirados, que tomou a decisão, afirma que esta surge no âmbito das medidas de precaução tomadas pelo país para fazer face ao novo coronavírus e inclui "todos os voos de passageiros bem como os aviões de cargas",

Com 15 vítimas mortais, o Irão está entre os países mais atingidos, a seguir à China, onde o surto apareceu primeiro.

À exceção da Arábia Saudita e do Qatar, países do lado contrário do Golfo registaram 31 casos de infeção com o Covid-19.

Apesar das tensas relações políticas, o Irão e os Emirados Árabes Unidos são importantes parceiros económicos, em particular o Dubai, onde se localiza o maior centro de aeroportos do mundo para passageiros estrangeiros.

Os Emirados Árabes Unidos registaram 13 casos de pessoas infetadas pelo vírus, três das quais se recuperaram.

Os dois casos mais recentes de infeção são os de dois cidadãos iranianos com idades de 70 e 64 anos.

O balanço provisório da epidemia do coronavírus Covid-19 é de 2.705 mortos e mais de 80 mil pessoas infetadas, de acordo com dados reportados até hoje, por cerca de 30 países.

Além de 2.665 mortos na China, onde o surto começou no final do ano, há registo de vítimas mortais no Irão, Coreia do Sul, Itália, Japão, Filipinas, França e Taiwan.

Em Portugal, já houve 14 casos suspeitos, que resultaram negativos após análises, estando um novo caso a ser avaliado.

O único caso conhecido de um português infetado pelo novo vírus é o de um tripulante de um navio de cruzeiros no Japão.

A Organização Mundial de Saúde declarou o surto do Covid-19 como uma emergência internacional e alertou para uma eventual pandemia, após um aumento repentino de casos em Itália, Coreia do Sul e Irão nos últimos dias.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório