Meteorologia

  • 30 MARçO 2020
Tempo
13º
MIN 9º MÁX 14º

Edição

Presidente Obiang visita Guiné Equatorial com o petróleo na agenda

O primeiro-ministro são-tomense iniciou hoje uma visita de trabalho de quatro dias à Guiné Equatorial a convite do Presidente Teodoro Obiang, com o dossiê do petróleo e apoio ao orçamento no centro da agenda.

Presidente Obiang visita Guiné Equatorial com o petróleo na agenda

"No domínio do petróleo, há um pré-acordo assinado, nós temos os blocos 2 e 22 e naturalmente vamos revistar todos esses dossiês sobre o petróleo, gás ", disse Jorge Bom Jesus, em declarações aos jornalistas antes de viajar para a Guiné Equatorial.

O chefe do executivo são-tomense referiu-se também a outras áreas importantes do processo de desenvolvimento para os dois países, como a "cooperação na área da aviação".

"Temos o problema da STP Airways, e vamos ver com a Guiné Equatorial se se mantém o interesse (deste país) em fazerem parte do consórcio", disse.

Jorge Bom Jesus disse também que vai analisar com o país vizinho um eventual acordo no domínio do transporte marítimo, defendendo a "necessidade de troca de produtos" entre os dois países.

O executivo são-tomense está a ponderar, no âmbito do turismo, estabelecer "uma parceria" com a Guiné Equatorial, propondo "o desenvolvimento de um turismo tripartido" para que os turistas que visitam a Guiné Equatorial possam ir também a São Tomé e Príncipe, disse.

Para o governante são-tomense, "esta visita enquadra-se nos eixos estratégicos da política externa relativamente aos parceiros da sub-região e a Guiné Equatorial é um desses parceiros".

"Além das afinidades históricas e culturais, temos também uma comunidade na Guiné Equatorial", referiu.

No ano passado, o Governo são-tomense pediu à Guiné Equatorial um empréstimo de 1,5 milhões de dólares (1,38 milhões de euros), valor que até ao momento não foi desbloqueado.

"Este dossier não está fechado, vamos negociar e ver as possibilidades, até porque há alguns parâmetros de concessionalidade que o Fundo Monetário Internacional (FMI) impõe e nessas negociações veremos se poderemos aumentar o valor", explicou o chefe do executivo.

O regresso do primeiro ministro são-tomense ao seu país está marcado para quinta-feira e integram a delegação os ministros do Planeamento, Finanças e Economia Azul, Osvaldo Vaz, das Obras Públicas, Infraestruturas, Recursos Naturais e Ambiente, Osvaldo Abreu, da Educação e Ensino Superior, Juliette Rodrigues, e o secretário de Estado do Comércio e Indústrias, Eugénio Graça.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório