Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2020
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 21º

Edição

Bolsonaro demite responsável que usou avião militar para ir à Índia

O Presidente do Brasil destituiu hoje o secretário-executivo do Ministério da Casa Civil após este utilizar um avião da Força Aérea Brasileira para viajar de Davos, na Suíça, para a Índia, que Jair Bolsonaro visitou na semana passada.

Bolsonaro demite responsável que usou avião militar para ir à Índia
Notícias ao Minuto

16:29 - 28/01/20 por Lusa

Mundo Brasil

"Inadmissível o que aconteceu. Já está destituído da função de executivo do Onyx [Lorenzoni, ministro da Casa Civil]. Destituído por mim. Vou conversar com Onyx para decidir quais outras medidas podem ser tomadas contra ele", afirmou o Presidente brasileiro ao chegar ao Palácio da Alvorada, em Brasília.

O secretário da Casa Civil, Vicenti Santini, tornou-se alvo de críticas depois que o jornal O Globo ter noticiado que este usou um avião da Força Aérea Brasileira com apenas três passageiros para ir de Davos, na Suíça, onde participou no Fórum Económico Mundial, para Nova Deli, na Índia, onde se reuniu com a comitiva presidencial durante uma visita oficial de quatro dias.

Bolsonaro frisou que o uso do avião não foi um ato ilegal, mas considerou o algo "completamente imoral".

"Ministros antigos foram em aviões comerciais, classe económica. Eu mesmo já viajei no passado, não era Presidente, paraa a Ásia toda de comercial, classe económica, e não entendi", acrescentou o chefe de Estado brasileiro.

Embora tenha destituído Santini do cargo, Bolsonaro não excluiu a possibilidade de ele ocupar outras funções no Governo.

"O cargo de executivo da Casa Civil já está perdido. Outras coisas virão depois de eu conversar com [ministro da Casa Civil] Onyx [Lorenzoni]", concluiu o Presidente brasileiro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório