Meteorologia

  • 26 FEVEREIRO 2020
Tempo
14º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Família sobreviveu 34 dias na selva peruana a comer bagas e plantas

Uma mulher colombiana e os seus três filhos perderam-se numa zona remota na fronteira entre a Colômbia e o Peru. Estavam desidratados e malnutridos.

Família sobreviveu 34 dias na selva peruana a comer bagas e plantas

Uma família sobreviveu durante 34 dias na selva do Peru a comer bagas, sementes e plantas, adianta a estação televisiva Caracol. A família, natural da Colômbia e composta pela mãe e pelos seus três filhos com idades compreendidas entre os 10 e os 14 anos, perdeu-se numa zona remota na fronteira entre a Colômbia e o Peru.

A mãe e os filhos tinham ido visitar familiares no lado peruano. A mulher tinha combinado encontrar-se com o marido e pai das crianças para atravessarem a fronteira de regresso à Colômbia, mas ficou desorientada e acabou por perder-se.

Face à demora da mulher e dos filhos em chegarem ao local combinado para o encontro, o homem alertou as autoridades colombianas para o desaparecimento da família.

Após 34 dias a andar pela selva peruana, a família foi encontrada por membros da tribo indígena Secoya perto da vila de Yubito, depois de terem percorrido uma longa distância.

“Se não bebêssemos água a cada 30 minutos, desmaiávamos. Tínhamos de parar constantemente e as raparigas já não conseguiam andar mais”, partilhou a mãe quando se reencontrou com o pai das crianças.

Para além de estarem desidratadas e malnutridas, a mulher e as crianças estavam cobertas de marcas de picadas de insetos e tinham cortes nos pés. Foram transportadas para um hospital na Colômbia e serão submetidas a análises para verificar se não contraíram doenças transmitidas por mosquitos como a malária ou a febre amarela.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório