Meteorologia

  • 28 FEVEREIRO 2020
Tempo
MIN 8º MÁX 20º

Edição

Salvini reconhece derrota nas eleições regionais em Emília-Romanha

O líder do partido italiano de extrema-direita Liga, Mateo Salvini, reconheceu hoje a derrota nas eleições regionais de domingo em Emília-Romanha, e afirmou que fará o que for possível para tentar arrebatar este bastião histórico da esquerda.

Salvini reconhece derrota nas eleições regionais em Emília-Romanha
Notícias ao Minuto

11:21 - 27/01/20 por Lusa

Mundo Salvini

"Fizemos tudo o que humanamente era possível fazer", disse Salvini em conferência de imprensa em Bolonha, acompanhado de Lucia Borgonzoni, a candidata da coligação das direitas, que incluiu, além da Liga, os conservadores Força Itália, do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi, e os ultranacionalistas Irmãos de Itália, entre outros.

"Tomamos nota (dos resultados). Trabalhámos muito mas temos que fazer ainda mais na oposição. Dentro de cinco anos, talvez antes, voltaremos a estar aqui. A mudança em Emília-Romanha está apenas atrasada", acrescentou.

O atual presidente de Emília-Romanha e candidato de uma coligação das esquerdas formada entre outros pelo governamental Partido Democrata (PD, centro-esquerda, Stefano Bonaccini, venceu as eleições com 51,42%.

Lúcia Borgonzoni ficou em segundo lugar com 43,63%.

Emília-Romanha, no norte de Itália, é governada há 70 anos por partidos de esquerda.

No domingo realizaram-se também eleições na região da Calábria, sul do país, onde a direita ganhou, com a sua candidata Jole Santelli a obter 55,40%, enquanto Filippo Callipo, à frente de partidos de esquerda, totalizou 30,12%.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório