Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2020
Tempo
13º
MIN 9º MÁX 19º

Edição

BBC: Repórter de guerra abandona cargo por causa de stress pós-traumático

Fergal Keane é um veterano do jornalismo de guerra, servindo como correspondente da estação britânica na África do Sul.

BBC: Repórter de guerra abandona cargo por causa de stress pós-traumático

O repórter de guerra Fergal Keane abandonou o seu cargo de correspondente da BBC News na África do Sul depois de vários anos a sofrer com perturbação do stress pós-traumático, anunciou esta sexta-feira a estação britânica.

O jornalista trabalhou em várias zonas de conflito em todo o mundo, incluindo no genocídio do Ruanda. Depois de vários anos a lidar com a doença, decidiu abandonar o cargo para ajudar a sua recuperação.

"As razões que levaram a esta decisão são pessoais. Durante vários anos, o Fergal tem lidado em privado com os efeitos da perturbação do stress pós-traumático, resultado de várias décadas de trabalho em zonas de conflito em todo o mundo", pode ler-se no anúncio, que é dirigido aos colegas do repórter.

"Ele sempre foi apoiado pelos amigos e colegas na BBC, assim como sempre recebeu aconselhamento médico. No entanto, ele sente agora que precisa de mudar de papel para melhor conseguir recuperar. É muito corajosa, e muito bem-vinda, a decisão de falar abertamente sobre a perturbação do stress pós-traumático", acrescenta.

Keane irá continuar a trabalhar como jornalista mas num novo cargo, que não foi revelado.

Alguns colegas, como Dearbhail McDonald, recorreram ao Twitter para manifestar o seu apoio a Fergal Keane. "Todos fomos inspirados pelo trabalho do Fergal e continuaremos a ser", escreveu McDonald, desejando-lhe "o melhor, na sua recuperação e no seu novo papel".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório