Meteorologia

  • 29 FEVEREIRO 2020
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Bulgária expulsa dois diplomatas russos suspeitos de espionagem

Dois diplomatas russos acusados de espionagem por procuradores búlgaros serão declarados 'personae non gratae' e expulsos do país, anunciou hoje a ministra dos Negócios Estrangeiros da Bulgária.

Bulgária expulsa dois diplomatas russos suspeitos de espionagem

Ekaterina Zaharieva indicou que o seu gabinete recebeu as cartas dos procuradores com as acusações e que o embaixador russo em Sófia seria convocado.

Em comunicado, o gabinete dos procuradores explicou hoje que os russos estavam envolvidos em espionagem, mas não poderiam ser acusados devido à sua imunidade diplomática.

Os diplomatas recolheram alegadamente informações sobre as eleições nacionais da Bulgária e a segurança energética, segundo os procuradores.

O anúncio ocorre três meses depois da Bulgária expulsar um diplomata russo identificado pelos procuradores como estando envolvido em espionagem e também de ter recusado um visto para o adido de Defesa para a embaixada russa em Sófia.

Numa ação de retaliação, Moscovo expulsou um diplomata búlgaro um mês depois.

A Bulgária, o aliado mais próximo de Moscovo durante a Guerra Fria, é membro da NATO e da União Europeia, mas ainda continua a lutar para reduzir a sua dependência quase total no abastecimento energético russo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório