Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2020
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 19º

Edição

Ministro turco apela à Rússia que trave ataques do governo sírio

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Turquia apelou hoje à Rússia que trave os ataques do governo sírio, um dia após bombardeamentos realizados por tropas governamentais e por rebeldes terem matado pelo menos 17 pessoas na Síria.

Ministro turco apela à Rússia que trave ataques do governo sírio
Notícias ao Minuto

12:14 - 22/01/20 por Lusa

Mundo Síria

O chefe da diplomacia turco, Mevlut Cavusoglu, insistiu que é responsabilidade de Moscovo interromper a violência perpetrada pelo governo sírio, já que a Rússia tem sido um firme defensor das forças do Presidente sírio, Bashar al-Assad, na guerra civil síria.

"A Rússia é a garantia do regime (sírio)" e "a Rússia está obrigada a parar com esta agressão" disse Cavusoglu durante um painel do Fórum Económico Mundial, em Davos, na Suíça.

"A situação em Idlib é o nosso foco principal, porque o regime (sírio) tem aumentado a sua agressão", acrescentou.

"Cerca de 400.000 pessoas foram deslocadas ou moveram-se em direção à nossa fronteira", acrescentou.

O governo sírio está a realizar uma ofensiva na província de Idlib, no noroeste, a última fortaleza rebelde do país, e nas partes detidas pelos rebeldes da vizinha província de Aleppo.

O conflito deslocou centenas de milhares de pessoas, muitas das quais fugiram para áreas mais próximas da fronteira com a Turquia.

Dezenas de combatentes foram mortos em ambos os lados nos últimos dias, à medida que se intensificavam os confrontos.

Os ataques têm ocorrido apesar de um novo acordo de cessar-fogo negociado pela Rússia e a Turquia, que entrou em vigor no início deste mês. Moscovo e Ancara estão em lados opostos do conflito na Síria.

A província de Idlib é dominada por rebeldes ligados à Al-Qaida, mas também abriga três milhões de civis. As Nações Unidas alertaram para o risco crescente de uma catástrofe humanitária ao longo da fronteira turca.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório