Meteorologia

  • 26 FEVEREIRO 2020
Tempo
15º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

João de Deus condenado a 40 anos de prisão por violar cinco mulheres

Médium brasileiro já tinha sido condenado pelo mesmo tipo de crime em dezembro.

João de Deus condenado a 40 anos de prisão por violar cinco mulheres

O conhecido médium brasileiro João de Deus, de 78 anos, foi condenado esta segunda-feira a mais de 40 anos de prisão por ter violado cinco mulheres, no Brasil.

De acordo com o site brasileiro G1, a Defesa do líder religioso ainda não foi notificada sobre esta condenação, mas já garantiu que quando tiver acesso ao conteúdo da sentença, entrará com recurso no Tribunal de Justiça de Goiás.

Esta é a terceira condenação de João de Deus. Em novembro de 2019 foi condenado a quatro anos de prisão, por posse ilegal de arma de fogo. Em dezembro do mesmo ano foi condenado a 19 anos de prisão efetiva por crimes sexuais cometidos contra quatro mulheres.

O tribunal tem ainda que avaliar outros 10 processos contra João de Deus, que envolvem mais de 50 mulheres.

Mais de 300 denúncias

Desde que as primeiras acusações foram conhecidas, em dezembro de 2018, o Ministério Público (MP) de Góias já recebeu cerca de 320 denúncias de mulheres que garantem ter sido vítimas de João de Deus.

Ao todo, ele já acusado pelo MP 14 vezes, 12 por crimes sexuais.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório