Meteorologia

  • 22 FEVEREIRO 2020
Tempo
21º
MIN 11º MÁX 22º

Edição

Austrália. Helicópteros largam cenouras para alimentar animais

Comida foi largada junto de colónias de animais que estão a passar fome por causa dos fogos.

As autoridades de Nova Gales do Sul, na Austrália, aproveitaram as tréguas dadas pela redução das temperaturas para distribuir tubérculos em algumas zonas para alimentar os animais que têm conseguido fugir dos seus habitats.

A diminuição das temperaturas permitiu aos bombeiros trabalhar este fim de semana para tentar mitigar os mais de 100 fogos que ainda lavram na Austrália, numa vaga de incêndios que já destruiu uma uma zona do tamanho da Coreia do Sul ou de Portugal.

Desde que começaram, em setembro passado, os incêndios arrasaram uma superfície de mais de oito milhões de hectares e calcula-se que até mil milhões de animais selvagens tenham morrido.

Nessa senda, o governo de Nova Gales do Sul decidiu distribuir tubérculos pelos vales de Capertree e Wolgan, com recurso a helicópteros, numa operação chamada 'Rock Wallaby'. "As autoridades de Nova Gales do Sul largaram hoje milhares de quilos de comida (sobretudo batata-doce e cenouras) para as nossas colónias de rock-wallabys", disse um ministro local através do Twitter.

Os Wallaby ou wallabee são uma espécie de marsupial da família 'Macropodidae', nativos da Austrália e da Nova Guiné. São parecidos com os cangurus, mas menores.

O ano de 2019 foi o mais quente e o mais seco na Austrália desde que existem dados. O dia de 18 de dezembro último foi o mais quente de sempre, com uma média nacional de temperaturas máximas de 41,9 graus.

A vaga de incêndios no país já fez 27 vítimas mortais.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório