Meteorologia

  • 29 MARçO 2020
Tempo
16º
MIN 9º MÁX 19º

Edição

Parlamento tunisino recusa aprovar governo proposto pelo Ennahdha

Os deputados tunisinos recusaram hoje a confiança ao governo proposto pelo candidato do partido de inspiração islamita Ennahdha, Habib Jemli.

Parlamento tunisino recusa aprovar governo proposto pelo Ennahdha
Notícias ao Minuto

22:54 - 10/01/20 por Lusa

Mundo Tunísia

Ao fim de uma longa sessão de debates, 72 membros da Assembleia de Representantes do Povo pronunciaram-se favoravelmente, 134 contra e três abstiveram-se.

Ficam assim relançadas as laboriosas negociações para conseguir formar um governo, três meses depois de se terem realizado as eleições legislativas.

Habib Jemli nomeado em meados de outubro para formar governo, após a vitória do Ennahdha nas legislativas do mesmo mês por maioria relativa, passou dois meses a consultar partidos, sindicatos e personalidades nacionais sem conseguir convencer formações políticas suficientes para uma coligação.

Em 23 de dezembro anunciou a sua decisão de formar um governo de "independentes" devido a "disputas" entre as partes, algumas das quais terão imposto "condições" para participar do governo.

Em 02 de janeiro, o primeiro-ministro da Tunísia, Habib Jemli, designado pelo partido de inspiração islamita Ennahdha, anunciou a composição do seu governo formado por personalidades independentes, após o fracasso das negociações com os partidos políticos.

Vários membros do governo, que tinha de ser aprovado pelo parlamento, não são conhecidos pela opinião pública. O executivo é composto por 28 ministros, incluindo quatro mulheres.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório