Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2019
Tempo
15º
MIN 11º MÁX 19º

Edição

Maior biblioteca online brasileira une-se a congénere espanhola

A biblioteca 'online' brasileira Nuvem de Livros, a que tem mais utilizadores na América Latina, vai incluir em breve o catálogo dos conteúdos editoriais da biblioteca virtual espanhola Miguel de Cervantes, foi hoje anunciado.

Maior biblioteca online brasileira une-se a congénere espanhola

Alicante, Espanha 28 nov - A biblioteca 'online' brasileira Nuvem de Livros, a que tem mais utilizadores na América Latina, vai incluir em breve o catálogo dos conteúdos editoriais da biblioteca virtual espanhola Miguel de Cervantes, foi hoje anunciado.

Segundo um comunicado da Miguel de Cervantes, com sede na Universidade de Alicante (Espanha), um acordo entre as duas plataformas permitirá que o catálogo espanhol possa ser consultado em qualquer plataforma digital.

O acordo, alcançado com a editora Golo, com sede no Rio de Janeiro, prevê a distribuição das obras da Miguel de Cervantes através da plataforma www.nuvemdelivros.com.br, acessível em qualquer aparelho com acesso à internet.

O catálogo editorial da Miguel de Cervantes, em formato "epub2", é atualmente composto por mais de 300 clássicos da literatura espanhola e ibero-americana.

Destacam-se, entre outras, obras dos clássicos Cervantes, Lope de Vega, Calderón, Larra, Galdós, Rubén Darío, e também de criadores menos conhecidos como Gonzalo de Gramas e Meneses, Juan Cortês de Tolosa ou Julia de Asensi.

A plataforma Nuvem de Livros opera desde 2011, tendo superado um milhão de subscritores, o que a tornou na biblioteca "online" com maior número de utentes no espaço ibero-americano.

Oferece atualmente mais de 10.000 conteúdos multimédia entre livros, áudios, vídeos e aulas para todas as idades, num projeto conduzido pelo escritor Antônio Torres, membro da Academia Brasileira de Letras e prémio Machado de Assis em 2000.

Por sua vez, a biblioteca virtual Miguel de Cervantes (www.cervantesvirtual.com) nasceu em 1999 por iniciativa da Universidade de Alicante e o Banco Santander através da divisão global Santander Universidades e da Fundação Botim.

Atualmente, opera sob a tutela da fundação com o mesmo nome, presidida pelo Prémio Nobel da Literatura de 2010, o peruano Mario Vargas Llosa, tendo como objetivo a difusão da cultura ibero-americana.

Em livre acesso, oferece mais de 160.000 registos bibliográficos tendo sido galardoada com o prémio Stanford para a inovação em bibliotecas de investigação.

ASP // VM

Noticias Ao Minuto/Lusa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório