Meteorologia

  • 26 JANEIRO 2020
Tempo
MIN 8º MÁX 15º

Edição

Investigação a tragédia no vulcão neozelandês poderá demorar até um ano

A informação foi avançada pela primeira-ministra do país, Jacinda Ardern.

Investigação a tragédia no vulcão neozelandês poderá demorar até um ano

Uma investigação para apurar se há responsabilidades nas mortes de pelo menos 16 pessoas numa erupção vulcânica na Nova Zelândia, na semana passada, poderá demorar até um ano. A informação foi avançada pela primeira-ministra do país, Jacinda Ardern, esta segunda-feira, citada pelo Guardian.

Se os turistas deveriam estar no vulcão mais ativo da Nova Zelândia, na segunda-feira passada, e se alguém falhou no que diz respeito a mantê-los em segurança é uma pergunta para a agência governamental WorkSafe, no âmbito de uma investigação que provavelmente levará um ano, Ardern disse.

O inquérito irá decidir se serão feitas acusações sobre alguns indivíduos que violaram as normas de segurança ou contra os operadores turísticos que levaram os visitantes ao vulcão ativo.

Uma semana depois da erupção do vulcão de White Island, também conhecido pelo seu nome maori 'Whakaari', 14 pessoas continuam internadas nas unidades de queimados, 10 delas em estado crítico, há ainda outras 13 que foam levadas por ambulância aérea para hospitais australianos, onde desde então uma pessoa morreu. No total há 16 mortos e ainda dois desaparecidos.

Na segunda-feira à tarde (noite de domingo em Lisboa), a Nova Zelândia fez um minuto de silêncio para lembrar as vítimas da tragédia. Os especialistas do exército neozelandês esperavam regressar às buscas esta segunda-feira para tentar encontrar os dois corpos que faltam, mas as condições meteorológicas do mar não o permitiram.

"A polícia e a marinha vão continuar a operação de recuperação das duas vítimas que faltam", explicou a primeira-ministra, acrescentando que a avaliação das condições e dos riscos tem de ser feita "dia a dia".

Durante as declarações aos jornalistas no parlamento, a Jacinda Ardern referiu ainda que também não podia dizer se a White Island seria reaberta a grupos turísticos durante o ano que o inquérito levará para ser concluído.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório