Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2020
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 21º

Edição

Nova Zelândia. Polícia decidiu fazer recolha de corpos, mesmo com risco

Número de vítimas mortais foi atualizado para 16, na quarta-feira. Polícia neozelandesa indicou que as autoridades têm sofrido alguma pressão das famílias no sentido de recuperar os corpos ainda na ilha.

Nova Zelândia. Polícia decidiu fazer recolha de corpos, mesmo com risco
Notícias ao Minuto

09:30 - 12/12/19 por Anabela Sousa Dantas 

Mundo Vulcão White Island

As autoridades neozelandesas vão tentar chegar à ilha de White Island às primeiras horas da manhã de sexta-feira (segundo horário local, será na noite de quinta-feira em Portugal) numa tentativa de recuperar os corpos dos oito turistas que ficaram para trás na sequência da erupção do vulcão, mesmo existindo sérios riscos.

De acordo com o Guardian, a decisão foi tomada pela polícia tendo em conta a pressão feita pelas famílias, desesperadas para recuperar os restos mortais dos entes queridos, que são sujeitos a mais agressão a cada dia que passa - sublinhe-se que o vulcão continua ativo, a libertar vapores e lava.

A agência governamental de monitorização sísmica GeoNet informou que a atividade sísmica em White Island atingiu níveis que não eram registados desde a erupção em 2016 e que existe um risco de uma nova erupção até sexta-feira na ordem dos 40% a 60%.

A tentativa de recolha dos corpos será feita mediante grande risco para os oito operacionais das forças militares que vão levar a cabo a missão, uma vez que existe risco de nova erupção. A operação deverá demorar várias horas a concluir por causa das variantes de risco: atividade sísmica, meteorologia e condições do terreno.

As autoridades já tinham anunciado antes que seis dos oito corpos já foram localizados com a ajuda de meios aéreos, mas desconhece-se o paradeiro dos outros dois. A ideia será fazer uma operação de recolha rápida, isto é, aterrar, pegar nos corpos e sair o mais rápido possível. A procura pelos dois corpos ainda por localizar será feita mediante as condições encontradas.

Recorde-se que o número de mortos na erupção do vulcão na Nova Zelândia subiu para 16, após a morte de duas pessoas que estavam a receber tratamento hospitalar, de acordo com as autoridades.

Cerca de 50 pessoas visitavam a White Island, na segunda-feira, quando o vulcão entrou em erupção quase de forma "instantânea", como indicaram alguns especialistas. A explosão lançou rochas e uma grande quantidade de cinzas sobre toda a ilha, transformando o local num sítio inacessível em pouco tempo. Os feridos, mais de 30, ficaram com queimaduras no corpo, de vários níveis de gravidade - a maior parte dos feridos tem queimaduras em mais de 30% do corpo.

Os médicos não descartam que outros feridos possam morrer na sequência das queimaduras.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório