Meteorologia

  • 13 DEZEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Casamentos homossexuais aumentaram 61,7% em 2018 no Brasil

Os casamentos civis entre pessoas do mesmo sexo aumentaram 61,7% no ano passado, no Brasil, segundo as estatísticas de registo civil divulgadas hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Casamentos homossexuais aumentaram 61,7% em 2018 no Brasil
Notícias ao Minuto

17:06 - 04/12/19 por Lusa

Mundo Brasil

O IBGE informou que 9.520 casais homossexuais se casaram no ano passado, face ao total de 5.887 casais que fizeram o mesmo em 2017.

"De acordo com a pesquisa, os registos de casamento homoafetivo [homossexual] tiveram um aumento expressivo, sobretudo, nos últimos meses de 2018", destacou o órgão de análise do Governo brasileiro.

Segundo acrescentou o IBGE, "do total de 3.958 casamentos entre homens, 29,6% foram registados só em dezembro".

"Entre casais formados por mulheres, 34% das 5.562 uniões também aconteceram no último mês do ano passado", precisou.

Embora o IBGE não tenha analisado os fatores que motivaram este aumento, houve um forte aumento após a eleição do Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, em outubro de 2018.

Os casamentos entre duas mulheres, que ao longo de 2018 variaram do mínimo de 27 registos e o máximo de 406 registos até outubro, subiram para 554 registos em novembro e 1.886 registos em dezembro.

No caso dos casais formados por dois homens a mesma estatística manteve-se entre 195 registos e 268 registos de janeiro a outubro, crescendo para 408 registos em novembro e 1.192 registos em dezembro.

Duas outras pesquisas do IBGE que destacaram dados sobre casamentos entre pessoas do mesmo sexo, realizadas em 2016 e 2017, não indicaram nenhum tipo de variação significativa no número de casamentos nos meses de novembro e dezembro.

Jair Bolsonaro, que ao longo de toda a sua carreira política fez críticas aos homossexuais e uniões homoafetivos, chegou a declarar numa entrevista a revista Playboy, em 2011, que "seria incapaz de amar um filho homossexual".

"Não vou dar uma de hipócrita aqui. Prefiro que um filho meu morra num acidente do que apareça com um bigodudo por aí", afirmou o Presidente brasileiro, que à época era membro da câmara baixa parlamentar.

Durante a campanha presidencial, Jair Bolsonaro assinou um termo de compromisso formulado por uma organização da sociedade civil chamada Voto Católico Brasil no qual se comprometeu a promover "o verdadeiro sentido do matrimónio, como união entre homem e mulher".

O casamento civil entre pessoas do mesmo sexo foi legalizado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) brasileiro em 2013 e atualmente corresponde a 0,9% do total das uniões civis realizadas no país.

A pesquisa do IBGE também informou que houve registo de 1.053.467 uniões civis entre casais heterossexuais, compostos por um homem e uma mulher no país, no ano passado, dado que indicou uma redução de 1,6% face a 2017.

As estatísticas de registo civil do Brasil mostraram que houve em 2018 o registo de 2,98 milhões de nascimentos e 1,28 milhões de mortes no país.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório