Meteorologia

  • 13 DEZEMBRO 2019
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Líder curdo da Turquia detido desde 2016 submetido a exames médicos

O líder político curdo Selahattin Demirtas, detido há mais de três anos numa prisão turca, foi hoje transferido para um hospital para exames complementares após ter adoecido na sua cela na semana passada, referiram as autoridades turcas.

Líder curdo da Turquia detido desde 2016 submetido a exames médicos
Notícias ao Minuto

19:24 - 02/12/19 por Lusa

Mundo Selahattin Demirtas

A irmã do detido, Aygül Demirtas, revelou esta tarde que Demirtas foi encontrado inconsciente na sua cela na passada terça-feira "após dificuldades respiratórias e dores no peito". Segundo referiu, as autoridades turcas recusaram no imediato a sua transferência para um hospital.

O procurador de Edirne, a região do sudeste do Balcãs onde Demirtas está detido, indicou hoje em comunicado que o detido recebeu os tratamentos necessários no local em 26 de novembro e foi transferido para o hospital para exames suplementares "apesar de não ter sido detetado nenhum problema de saúde".

Selahattin Demirtas, 46 anos, antigo dirigente do Partido Democrático dos Povos (HDP, a principal formação pró-curda e de esquerda da Turquia), está detido desde novembro de 2016 por acusações de ligações com o "terrorismo". Arrisca até 142 anos de prisão.

O Presidente Recep Tayyip Erdogan acusa regularmente o HDP de representar o ramo político do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), que desencadeou uma rebelião armada no sudeste turco em 1984 e considerado "terrorista" por Ancara, Estados Unidos e União Europeia.

Diversos deputados deste partido, a terceira força política no parlamento de Ancara, foram detidos nas últimas semanas, também acusados de ligações com uma organização terrorista.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório