Meteorologia

  • 29 MARçO 2020
Tempo
18º
MIN 9º MÁX 19º

Edição

Vídeo de polícias a algemarem sem-abrigo gera controvérsia nos EUA

As pessoas que estavam na estação de metro em Nova Iorque pediam aos agentes da polícia para libertarem a mulher. Autoridades afirmam que a mulher não foi acusada de qualquer crime e que foi levada para o hospital para ser avaliada por suspeitas de sofrer de uma doença mental.

Vídeo de polícias a algemarem sem-abrigo gera controvérsia nos EUA

Um vídeo que mostra dois polícias a algemarem uma mulher sem-abrigo esta sexta-feira numa estação de metro de Queens, em Nova Iorque, está a gerar polémica nos Estados Unidos.

O vídeo tornou-se viral e surge na sequência de uma série de incidentes nas estações de metro da Big Apple que envolveram agentes da polícia.

As imagens filmadas e publicadas posteriormente no Twitter por Narvin Singh mostram dois agentes da polícia e a sem-abrigo no chão e algemada.

A mulher debate-se para se libertar e pode-se ouvir várias pessoas a pedirem aos polícias para o fazerem.

“Libertem-na! Isto não está certo, libertem-na. Porem-na no chão não vai ajudá-la”, ouve-se Narvin Singh dizer.

Os polícias não detiveram a mulher e as autoridades nova-iorquinas garantem que não foi acusada de qualquer crime, segundo o New York Post. A polícia adianta que a mulher é conhecida do Department of Homeless Services e que queriam levá-la para o hospital para ser avaliada.

A força de segurança explica que havia suspeitas de que a mulher sofria de uma doença mental e lembra que há uma lei do estado de Nova Iorque que permite a profissionais de saúde mental ficarem com a tutela de alguém que pareça sofrer de uma doença mental.

“Algumas pessoas que sofrem de doenças mentais, e devido às suas doenças mentais, nem sempre procuram ajuda, mesmo quando representam um perigo para si próprias ou para outros”, frisou através de um comunicado Mitchell Katz, presidente do NYC Health + Hospitals.

Mas este incidente gerou revolta nas redes sociais, uma vez que não foi uma situação isolada. A sucessão de conflitos que envolvem a polícia nas estações de metro de Nova Iorque originou um protesto com cerca de 200 pessoas nas ruas de Harlem. Os manifestantes criticaram a forte presença policial nas estações de metro, que deverá ser reforçada. O governador Chris Cuomo planeia colocar mais 500 agentes a patrulharem as estações de metro de Nova Iorque.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório