Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2019
Tempo
16º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

África do Sul planeia estabelecer novas rotas com Austrália e Brasil

A Cidade do Cabo planeia novas rotas para Austrália e Brasil após estabelecer voos diretos para os Estados Unidos da América com a United Airlines, admitiu o chefe do acesso aéreo da principal cidade turística da África do Sul.

África do Sul planeia estabelecer novas rotas com Austrália e Brasil
Notícias ao Minuto

18:09 - 22/11/19 por Lusa

Mundo EUA

As novas rotas para a Austrália e a América do Sul são estratégias que a África do Sul pretende conseguir, de maneira a atrair para o país mais cinco milhões de viajantes, dos quais quatro milhões seriam turistas internacionais, até 2021, de acordo com o portal Independent Online.

O turismo e as viagens contribuem com cerca de 29 mil milhões de dólares norte-americanos (26,2 mil milhões de euros), 9% abaixo do produto interno bruto (PIB) da África do Sul em 2018, classificando-se como o maior contributo do continente, segundo o Conselho Mundial de Viagens e Turismo.

"A rota para os Estados Unidos da América significa crescimento futuro do turismo e de investimento e ligação direta a um dos mais importantes mercados do mundo", afirmou o gestor do projeto da parceria público-privada Cape Town Air Acess (CTAA), Paul van den Brink.

Desde 2015, a CTAA ajudou a estabelecer 15 novas rotas e expandiu 19 existentes.

Van den Brink acrescentou que voos diretos para São Paulo, no Brasil, e uma cidade na Austrália, fazem parte dos planos.

Um estudo feito pela empresa de consultoria Grant Thornton revelou que um voo direto da América do Norte representaria mais 24 mil viajantes no primeiro ano.

Os bilhetes estão à venda desde abril para a rota entre Nova Iorque e Newark e a Cidade do Cabo, mas sem valores específicos ainda.

Espera-se que a United Airlines voe com um Boeing 787-9 Dreamliner nessa nova rota, entre 15 de dezembro e março de 2020, e durante o verão.

O aeroporto está a concluir uma renovação de 458 milhões de dólares americanos (414,2 milhões de euros) que inclui uma nova pista que ajudará na gestão do crescimento das chegadas internacionais, após terem alcançado um total de 10 milhões de chegadas pela primeira vez, em dezembro de 2016.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório