Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2019
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Grupo Estado Islâmico reivindica ataque que matou 30 soldados no Mali

O grupo do Estado Islâmico assumiu a responsabilidade por um ataque que matou 30 soldados no Mali no início desta semana.

Grupo Estado Islâmico reivindica ataque que matou 30 soldados no Mali
Notícias ao Minuto

09:21 - 21/11/19 por Lusa

Mundo Mali

Num comunicado divulgado na quarta-feira o grupo afirma que outros 30 soldados foram feridos na emboscada, ocorrida na segunda-feira.

A declaração não menciona mortes entre combatentes ligados ao grupo Estado Islâmico. O exército do Mali revelou que 17 extremistas foram mortos nos combates em Tabankort, na região nordeste de Gao.

O Mali e a República do Níger estavam a realizar uma operação conjunta ao longo da fronteira para rastrear extremistas.

As tropas nigerianas detiveram cerca de 100 suspeitos nesta operação.

Mais de 100 soldados do Mali morreram nos últimos dois meses em ataques de combatentes ligados ao grupo Estado Islâmico e à Al Qaeda.

Os EUA dizem que a região de Sahel, a sul do deserto do Saara, é motivo de crescente preocupação, com milhares de combatentes ligados ao grupo Estado Islâmico ativos no Mali, Nigéria, Burkina Faso e noutros países.

Na quarta-feira, o ministro das Relações Exteriores do Burkina Faso, Alpha Barry, pediu "ajuda urgente" à comunidade internacional para travar o avanço dos grupos terroristas e os ataques dos extremistas na região de Sahel.

"É preciso atuar rapidamente. A situação está a degradar-se muito rapidamente. Não podemos esperar e voltar daqui a seis meses para fazer um balanço muito mais dramático", advertiu o ministro ao discursar no Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU).

As regiões mais instáveis são a norte de Sahel, onde o Burkina Faso compartilha fronteiras com o Mali e o Níger, a região do centro-norte e a leste do país, território onde a situação começou a degradar-se no verão de 2018, bem como a capital do país, Uagadugu, que sofre ataques desde 2016.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório