Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2019
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Guarda florestal e ajudante de motorista mortos em ataque na RDCongo

Um guarda-florestal e um ajudante de motorista morreram quando a coluna de veículos onde seguiam no Parque Nacional Virunga foi atacada por grupos armados no leste da República Democrática do Congo (RDCongo), foi hoje anunciado.

Guarda florestal e ajudante de motorista mortos em ataque na RDCongo

com grande tristeza que o Parque Nacional Virunga anuncia a morte do guarda Kambale Kasuki Jean Aimé na Estrada Nacional 2 perto de Ngwenda, em Kivu Norte", refere o parque em comunicado.

Segundo o documento, a morte do guarda-florestal ocorreu na noite de quarta-feira, quando a coluna de veículos onde seguia foi atacada por homens armados.

"Um ajudante de motorista também morreu durante o ataque. Um outro guarda foi ferido, mas não corre risco de vida", acrescenta.

Um total de 176 guardas-florestais foram mortos no desempenho de sua missão de proteção ambiental, de acordo com um balanço do Parque Nacional Virunga, divulgado em março.

Encerrado durante nove meses devido à morte de nove pessoas, incluindo um guarda-florestal, o parque foi reaberto ao público em fevereiro após uma avaliação satisfatória da segurança.

Localizado na fronteira com Ruanda e Uganda, o Parque Nacional de Virunga estende-se por 7.800 km2 na província de Kivu Norte, que é uma zona com diversas milícias e grupos armados.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório