Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Reino Unido: Os números que contam nas legislativas de 12 de dezembro

A quatro semanas das eleições legislativas britânicas de 12 de dezembro, encerra hoje o prazo de inscrição dos candidatos e pelo menos 79 deputados não se vão recandidatar.

Reino Unido: Os números que contam nas legislativas de 12 de dezembro

Numas eleições que podem determinar não apenas quem vai governar o Reino Unido, mas quando, como - ou mesmo se - o país deixa a União Europeia, estes são alguns dos números importantes:

46 milhões: o número de eleitores no Reino Unido. Têm de ter mais de 18 anos, terem nacionalidade britânica, irlandesa ou de um país da Commonwealth e residente no país. Os emigrantes há mais de 15 anos não podem votar.

650 assentos na Câmara dos Comuns, eleitos por um sistema de maioria simples [First Past the Post] num número igual de círculos uninominais.

96: O número de anos desde a última vez em que a Reino Unido realizou eleições legislativas em dezembro. As eleições britânicas são geralmente realizadas no final da primavera, quando o tempo está mais ameno e os dias são mais longos.

326: O número de deputados teoricamente necessários que um partido precisa de eleger para obter uma maioria absoluta na Câmara dos Comuns que permita formar um governo e o líder ser primeiro-ministro. Acaba por ser menos porque o presidente ['speaker'] e os dois respetivos vices perdem o direito de voto para manter a neutralidade e porque os deputados do Sinn Féin nunca assumem funções.

298: O número de assentos ocupados antes da eleição pelos Conservadores do governo do primeiro-ministro Boris Johnson - mais de 20 aquém da maioria desejada. A falta de maioria do governo dificultou a aprovação das principais medidas necessárias para "concretizar o 'Brexit'", o lema da campanha.

243: O número de assentos ocupados pelo Partido Trabalhista, o maior partido da oposição, que procura nestas eleições recuperar o poder perdido em 2010. O Partido Trabalhista tem procurado desvalorizar o 'Brexit' e focar a campanha nos serviços de saúde, educação e serviços sociais, afetados pela austeridade e cortes de financiamento durante os governos conservadores.

9: O número de anos que o Partido Conservador está no poder.

35: O número de assentos no Parlamento detidos pelo Partido Nacional Escocês, que se opõe ao 'Brexit' e que quer que a Escócia deixe o Reino Unido e se torne um país independente. O partido espera aumentar a quota nos 59 deputados eleitos na Escócia para o parlamento em Westminster e admite apoiar um governo minoritário liderado por Jeremy Corbyn.

20: O número de assentos ocupados no Parlamento pelos Liberais Democratas, que desejam cancelar o 'Brexit' por completo. O partido atraiu alguns dissidentes Trabalhistas e Conservadores e espera beneficiar dos votos pró-europeus. Descarta apoiar Jeremy Corbyn ou Boris Johnson como primeiros-ministros.

0: O número de assentos no Parlamento ocupados atualmente pelo recém-formado Partido Brexit, que quer sair da UE sem um acordo. O partido, liderado por Nigel Farage, desistiu de concorrer em 317 círculos para favorecer o Partido Conservador, mas planeia manter centenas de candidatos para tentar roubar assentos ao Partido Trabalhista.

79: O número de deputados que não concorrem à reeleição, muitos dos quais Conservadores moderados pró-europeus e Trabalhistas insatisfeitos com a liderança e o clima de antissemitismo no 'Labour'. Afastaram-se também mulheres deputadas que invocaram a atmosfera tóxica na política britânica. Deputados de ambos os lados do debate sobre o 'Brexit' receberam insultos e ameaças.

19,5 milhões de libras (22,7 milhões de euros): O máximo que uma parte pode gastar em propaganda, custos de campanha e outras despesas se o partido disputar todos os 650 círculos eleitorais no Reino Unido. O limite de gastos é calculado em 30.000 libras por assento.

42,8%: A parcela das despesas com campanhas dos partidos políticos aplicadas em meios digital durante as últimas eleições, em 2017, mais do que os 0,3% gastos em 2011. Espera-se que seja ainda mais desta vez.

3: Número de debates televisivos nos quais Boris Johnson e o líder trabalhista Jeremy Corbyn concordaram participar. Os Liberais Democratas estão zangados e iniciaram uma ação judicial porque a líder, Jo Swinson, só foi convidada para um deles.

77: O número de dias até a saída do Reino Unido da UE. O dia do 'Brexit' deveria ter sido em 31 de outubro, mas as divergências no parlamento resultaram em mais um adiamento de três meses, concedido pela UE até 31 de janeiro. Os partidos esperam que o resultado das eleições possam romper o impasse político.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório