Meteorologia

  • 22 NOVEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

Itália vai ser o primeiro país a ensinar alterações climáticas na escola

O ensino obrigatório vai começar já no próximo ano.

Itália vai ser o primeiro país a ensinar alterações climáticas na escola

Itália vai tornar-se no primeiro país a tornar obrigatório o estudo das alterações climáticas nas escolas. "O ensino está a ser todo alterado para garantir que a sustentabilidade e o clima estão no centro do programa", explicou o ministro da Educação, Lorenzo Fioramonti à Reuters.

"Quero que o sistema de educação italiano seja o primeiro a por o ambiente e a sociedade no centro de tudo o que se aprende na escola", acrescentou.

Lorenzo Fioramonti, faz parte do partido Movimento 5 Estrelas e é agora considerado por muitos como um 'guerreiro ecológico', apesar de ter sido criticado anteriormente pela oposição por ter encorajado os jovens a faltarem às aulas para irem à 'greve climática' que decorreu nos vários países, em setembro.

Segundo o ministro, todas as escolas deverão dedicar 33 horas por ano, cerca de uma hora por semana, às alterações climáticas a partir do início do próximo ano. 

As disciplinas tradicionais como geografia, matemática ou física também devem ser estudadas da perspetiva do desenvolvimento sustentável, referiu Fioramonti.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório