Meteorologia

  • 27 JANEIRO 2020
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 16º

Edição

Culpavam pais por comportamento do filho. Foi negligência durante parto

Menino de sete anos sempre manifestou comportamento errático e, afinal, deve-se a negligência durante o parto. Pais irão receber 30 milhões de libras do hospital.

Culpavam pais por comportamento do filho. Foi negligência durante parto

Uma família britânica chegou a acordo com um hospital de Londres para o pagamento de uma indemnização de 30 milhões de libras (mais de 34 milhões de euros) depois de um tribunal decidir que um menino, agora com sete anos, foi alvo de negligência durante o parto naquela unidade hospital.

A criança sempre manifestou comportamento errático e difícil, sendo descrito pelas escolas como "disruptivo" e com um "comportamento muito anormal", por ser impulsivo, gritar e até morder os colegas, conforme descreve o Evening Standard.

Os pais tinham que arcar com as despesas de um tutor ou dois, para acompanhar a criança em todos os momentos e prevenir os surtos. Ainda assim, era frequentemente expulso da escola, sendo os pais culpados várias vezes pelo seu comportamento, tanto por parte de profissionais de assistência social como de responsáveis de saúde.

Os pais sempre afirmaram que o parto da criança tinha sido anormal, mas o hospital só admitiu culpa quando os advogados conseguiram obter provas médicas que ligam o seu comportamento volátil a um trauma ocorrido durante o parto.

A mãe da criança foi submetida a uma cesariana de emergência depois do parto ter sido atrasado por negligência, no University College Hospital, em Bloomsbury, em junho de 2012. O menino teve que ser ressuscitado depois do parto e esteve resfriado durante 72 horas, numa tentativa de proteger o seu cérebro de possíveis danos.

Esta segunda-feira, um juiz de um tribunal de Londres aprovou um acordo celebrado entre a família e a unidade hospital, onde é atribuída à criança uma indemnização de 30 milhões de libras (mais de 34 milhões de euros).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório