Meteorologia

  • 15 NOVEMBRO 2019
Tempo
10º
MIN 8º MÁX 13º

Edição

Bruxelas preocupada com recontagem de votos das eleições na Bolívia

A União Europeia (UE) manifestou hoje "sérias preocupações" pela "interrupção inesperada" da contagem dos votos das eleições presidenciais na Bolívia, pedindo uma solução rápida e transparente para apuramento dos resultados.

Bruxelas preocupada com recontagem de votos das eleições na Bolívia
Notícias ao Minuto

16:48 - 22/10/19 por Lusa

Mundo Bolívia

"A interrupção inesperada da contagem eletrónica dos votos após a primeira volta das eleições presidenciais na Bolívia provocou sérias preocupações que precisam ser resolvidas rápida e integralmente", vinca em comunicado a porta-voz da diplomacia europeia, Maja Kocijancic.

Para a responsável do gabinete da Alta Representante da UE para a Política Externa, Federica Mogherini, "as autoridades bolivianas, em particular tribunal eleitoral, devem garantir a máxima transparência dos procedimentos de contagem e apuramento e dos seus resultados".

"Isso é vital para garantir a credibilidade do processo eleitoral, assegurar a confiança dos eleitores e respeitar a vontade do povo boliviano", considera a porta-voz.

Aludindo aos confrontos no país após a divulgação de dados provisórios que dão vitória a Evo Morales, atual Presidente, Maja Kocijancic defende que estes incidentes "devem ser investigados".

"Pedimos a todas as partes que se abstenham de violência", reforça a porta-voz da diplomacia europeia, após a noite de segunda-feira na Bolívia ter sido marcada por edifícios incendiados, confrontos com a polícia e tumultos.

O atual chefe de Estado boliviano, Evo Morales, que tenta assegurar um quarto mandato, está prestes a vencer a primeira volta das eleições presidenciais, de acordo com o tribunal eleitoral.

O tribunal eleitoral retomou na segunda-feira à noite a contagem de votos, abandonada desde domingo à noite, numa reviravolta inexplicável.

Após o final da votação no domingo, a divulgação dos resultados parciais no 'site' do tribunal eleitoral foi inexplicavelmente interrompida.

As autoridades eleitorais explicaram que tinham abandonado a contagem computadorizada, levantando receios de fraude por parte da oposição e da comunidade internacional.

Dois sistemas de contagem coexistem na Bolívia. Por um lado, o "TREP", para a transmissão dos resultados preliminares das eleições, através dos quais as atas são fotografadas e enviadas ao tribunal eleitoral através de uma aplicação que permite a publicação de resultados parciais a partir da noite da votação.

Por outro lado, a "contagem oficial": as atas são remetidas pelas assembleias de voto aos tribunais eleitorais da jurisdição que procedem ao escrutínio final.

A UE é uma região parceira da Bolívia, que tem vindo a apoiar o país no seu desenvolvimento económico e social, bem como no reforço do Estado de direito.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório