Meteorologia

  • 12 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Professor de Oxford acusado de vender fragmentos de Bíblia milenar

Os fragmentos foram vendidos entre 2010 e 2013 ao Museu da Bíblia, nos Estados Unidos. As peças já foram devolvidas.

Professor de Oxford acusado de vender fragmentos de Bíblia milenar

A Universidade de Oxford, no Reino Unido, está a investigar acusações de que um dos seus docentes vendeu, sem autorização, fragmentos de uma Bíblia milenar ao Museu da Bíblia, em Washington. O professor Dirk Obbink foi acusado pela Sociedade de Exploração Egípcia de vender 11 fragmentos que pertencem à coleção Oxyrhynchus entre 2010 e 2013., segundo a BBC.

A Sociedade de Exploração Egípcia entrou posteriormente em contacto com o Museu da Bíblia que “informou que 11 dessas peças chegaram ao seu cuidado depois de terem sido vendidas pelo professor Obbink às lojas Hobby Lobby, a maioria em dois lotes em 2010”.

O Museu da Bíblia concordou em devolver os fragmentos à Sociedade de Exploração Egípcia.

Enquanto “procura esclarecer os factos” em torno destas acusações, a Universidade de Oxford optou por não suspender o professor Obbink.

Os fragmentos, escritos em grego antigo foram encontrados no início do século XX no Egito e datam do ano 100 Depois de Cristo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório