Meteorologia

  • 13 NOVEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 20º

Edição

Boris Johnson indica que falta pouco para chegar a um acordo

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse hoje durante uma reunião do governo que existe "uma hipótese de conseguir um bom acordo" para o 'Brexit', mas que "ainda não" existe entendimento total com a União Europeia (UE), adiantou um porta-voz.

Boris Johnson indica que falta pouco para chegar a um acordo
Notícias ao Minuto

18:06 - 16/10/19 por Lusa

Mundo Brexit

"Há uma oportunidade de conseguir um bom acordo, mas ainda não estamos lá", afirmou Boris Johnson, aludindo a "várias questões pendentes".

De acordo com a mesma fonte, os ministros deram ao primeiro-ministro o seu "apoio total" para continuar a negociar um acordo de saída do Reino Unido da UE.

O primeiro-ministro tem estado em contacto com o aliado do Partido Conservador no parlamento, o Partido Democrata Unionista (DUP) da Irlanda do Norte, para resolver questões relacionadas com o território britânico.

Esta tarde, Boris Johnson esteve também reunido com o grupo parlamentar, onde comparou o 'Brexit' a escalar o Everest, segundo alguns dos deputados presentes.

"O cume está à vista, mas está envolto em nuvens. Mas podemos chegar lá", terá dito.

O deputado Bim Afolami, que estava na reunião, disse que Johnson expressou otimismo, mas deu poucos detalhes das negociações em curso e falou durante apenas 10 minutos, antes de voltar à residência oficial no número 10 Downing Street, em Londres.

As negociações entre o Governo britânico e Bruxelas intensificaram-se na semana passada após um encontro de Boris Johnson com o homólogo irlandês, Leo Varadkar, no sentido de encontrar uma solução antes do Conselho Europeu de quinta e sexta-feira e para concluir o processo do ?Brexit' até ao prazo de 31 de outubro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório